Criptomoedas

Confira as previsões dos especialistas para o Bitcoin em 2020

As criptomoedas se tornaram parte da carteira de investimentos de muitos brasileiros, e muita duvida se tem ainda a respeito dessas moedas digitais, como é o caso do Bitcoin, a maior criptomoeda do mundo atualmente.

Reunimos hoje algumas previsões do mais variados especialistas sobre bitcoin, e listamos abaixo a opinião deles:

Para alguns analistas e negociadores do criptomercado, como Benjamin Blunts, desde que o BTC consiga se manter até uma base de 7.500 dólares nos próximos dias, em pouco tempo uma alta de seus valores é bastante provável. De acordo com ele, o próximo passo natural para o ativo é voltar para os 10 mil dólares ainda neste ano, podendo subir progressivamente a partir deste ponto. Um dos principais pontos considerados pelo especialista são as possibilidades de negociações que aparecem no último trimestre do ano.

O perfil de análise Beastlorion concorda com Benjamin, mas suas previsões vão mais além. Para ele, há a possibilidade da criptomoeda chegar aos 12 mil dólares em 2019 devido ao movimento de alta que pode ganhar em breve. Já o fundador e chefe-executivo do Transform Group, Michael Terpin, ressalta que estes mesmos motivos podem levar o Bitcoin para a casa dos 15 mil dólares, antes de 2020.

Perspectivas ainda mais otimistas

Além das opiniões acima, alguns analistas acreditam que o BTC tem potencial para subir ainda mais, chegando aos 20 mil dólares. Um deles é Sean Barger, diretor administrativo da CPU Coin. Conforme ele, tanto as perspectivas de negociação quanto os indicativos comportamentais da criptomoeda apontam para este patamar ainda em 2019. Tomàs Sallés, analista do FX Street também concorda com esta opinião, e aposta no mesmo valor antes de 2020.

A partir deste panorama, outros especialistas do criptomercado estendem o otimismo das altas para o próximo ano. Nick Hellman, presidente do Learn Crypto, acredita que até maio de 2020 a perspectiva é de que o Bitcoin passe a valer entre 24 mil e 32 mil dólares. Há, inclusive, uma opinião do banco central de Munique, que acredita na possibilidade da criptomoeda chegar aos 90 mil dólares no ano que vem.

Mercado brasileiro

Se lá fora o otimismo está focado na valorização da moeda, aqui no Brasil as atenções estão voltadas para algumas boas notícias que estão aparecendo a respeito desse mercado. A criação do primeiro protocolo de blockchain da América Latina, por exemplo, foi noticiada e deve ser um marco no mercado financeiro virtual, além de ter sido uma forma de mostrar que os brasileiros estão na vanguarda de tal tecnologia.

Iniciativas como essa podem fazer com que as criptomoedas ganhem mais espaço no país, seja comercialmente ou até mesmo entre o público em geral. Algumas pessoas ainda acreditam em alguns mitos do Bitcoin, como o de que a moeda só pode ser comprada por alguém que tenha um amplo conhecimento sobre informática. No entanto, notícias como a desse primeiro protocolo latino-americano ajudam a acabar com alguns dos estigmas que recaíram sobre essa moeda largamente comercializada por aqui.

Com o valor na casa dos R$ 30 mil, o Bitcoin continua sendo uma boa opção para o brasileiro usar online e também algo em que pode investir com cautela. Mesmo com o momento oscilatório da moeda, as expectativas para 2020 são boas. O incentivo para que este mercado seja mais bem compreendido e ao mesmo tempo explorado é sempre bem-vindo. Quem sabe o Brasil, com mais de 208 milhões de habitantes, não vira uma referência na hora de pagar um café com Bitcoin.

Etiquetas

Murilo Oliveira

Criador de conteúdo e administrador chefe do CNX+. Criamos seu site gratuitamente em apenas 7 dias ! Saiba mais em: imidiadigital.com

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
x
Fechar